MNDH realizará encontro e assembleia nacionais em Belo Horizonte

Agentes defensores dos direitos humanos se reunirão para debater e trocar experiências
Divulgação

Divulgação

O Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) irá realizar o XVIII Encontro Nacional de Direitos Humanos e a XVIII Assembleia Nacional do MNDH.. Com o tema “Participação social e reforma política para a garantia dos Direitos Humanos”, o evento vai reunir na capital mineira cerca de 400 pessoas de todo o país e possibilitar a capacitação e formação multiplicadora.

Nos dois primeiros dias acontecerá o XVIII Encontro Nacional de Direitos Humanos. Podem participar membros das entidades filiadas ao MNDH, delegados eleitos nas assembleias estaduais e/ou regionais e convidados. O encontro é aberto a observadores e demais interessados. O objetivo é criar um espaço interinstitucional e interdisciplinar de análise e debate sobre os Direitos Humanos que possibilite a participação de diversos atores sociais, troca de experiências e apresentações culturais.

A XVIII Assembleia Nacional do MNDH contará com a participação de membros da Coordenação Nacional, do Conselho Nacional e com um/a delegado/a de cada entidade filiada à rede, que tenha participado das assembleias estaduais e/ou regionais, sendo que sua entidade de origem deve estar adimplente com a anuidade. Todos têm direito a voz e voto.

A Assembleia Nacional é a instância máxima de deliberação sobre questões gerais do Movimento e a ela caberá deliberar sobre a política organizativa, as diretrizes e as estratégias de ação do MNDH, eleger a Coordenação Nacional e empossar os membros do Conselho Nacional. Nesta Assembleia será realizada a eleição da nova Coordenação do MNDH para o período de junho de 2015 a junho de 2018.

As assembleias estaduais e regionais preparatórias deverão acontecer até 20 de maio de 2015. A lista com os delegados habilitados nestas etapas deverá ser encaminhada pelo articulador estadual à Coordenação Geral do evento até 25 de maio deste ano.

Entre os temas que serão abordados nos quatro dias de evento estão: sistema de direitos humanos; sistema de proteção a pessoas ameaçadas; taxação das grandes fortunas; participação social/controle social; educação em direitos humanos; reforma política; erradicação da tortura; erradicação do trabalho escravo; memória, verdade e justiça; direitos de crianças e adolescentes; taxação das grandes fortunas; democratização da comunicação e mídias alternativas; violência e extermínio da juventude negra, de mulheres e da população de rua.

Neste ano, a rede, por sua capilaridade em todos os Estados, será a grande mobilizadora das etapas preparatórias para XII Conferência Nacional de Direitos Humanos. Assim, as participações no Encontro e na Assembleia incidirão nos debates da conferência e, consequentemente, do 3º Fórum Mundial de Direitos Humanos, que ocorrerá na Argentina em 2016.

Em breve será divulgada a programação completa, o local do evento e mais detalhes sobre as formas de inscrição. Para mais informações leia a “Carta de Mobilização para o XVIII Encontro/Assembleia do MNDH”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s