Nota de Solidariedade

A propósito do episódio envolvendo o Governador do Estado e o Padre Roberto Perez Cordova, representante da Pastoral Carcerária, no último dia 26 de junho, ocasião em que se celebrava o dia internacional de combate à tortura, a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) se sente no dever de se posicionar na forma abaixo:

a. Repudia qualquer tentativa de desqualificação de militantes de direitos humanos e de entidades da sociedade civil, no exercício da nobre missão de fazer o controle social das políticas públicas;

b. Repudia a prática recentemente inaugurada de achincalhe e desmoralização daqueles que divergem da opinião oficial, por intermédio do cerco de mídia, alinhada ao governo;

c. Conclama o Governador de Estado e seus subordinados, como dignos mandatários de cargos públicos a manterem postura e garantirem nos debates o direito à divergência de opinião nos temas caros ao exercício de direitos, sobretudo em notas oficiais e argumentos publicizados em redes sociais, de modo a preservar os caminhos institucionais do diálogo com a sociedade civil;

d. Solidariza-se com o Padre Roberto Perez Cordova, militante da renomada entidade Pastoral Carcerária, injustamente atacado em sua honra e dignidade.

São Luís/MA, 29 de junho de 2015

Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH)

Anúncios

One thought on “Nota de Solidariedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s